Como comprar na Shein sem ser taxado?

Comprar na Shein e não ser taxado é o desejo de todos os clientes com certeza. A famosa loja online, disponível também em aplicativo para celulares Android e iOS, se popularizou bastante no Brasil por oferecer preços baixos em peças de roupas e acessórios. Acontece que, por serem despachados do exterior, todos os produtos enviados pela Shein estão sujeitos ao imposto de importação, possibilidade capaz de anular o bom custo-benefício da compra. Pensando nisso, trouxemos para você algumas boas dicas para não ser taxado em suas compras.foto-shein-brasil-polemica-600x400 5cb9da7bdec9a5b2f9a832852d94dee2

Faça compras de no máximo 50 dólares

Segundo experiências de alguns consumidores da Shein, compras de até US$ 50 tendem a passar despercebidas durante a famosa fiscalização alfandegária e geralmente não são taxadas.

Vale lembrar também que o carrinho do site consta em reais, ou seja, a pessoa que estiver comprando deve se atentar à conversão para o câmbio americano na hora de fechar a transação. Na cotação atual da moeda, US$50,00 seria equivalente a aproximadamente R$240,00.

Compre produtos pequenos e de pouco volume

Comprar produtos pouco volumosos é mais uma dica excelente que pode ajudar todos os compradores da Shein a escapar da tributação. Isso porque, dada a enorme quantidade de mercadorias que chegam ao Brasil diariamente, é comum que pacotes pequenos e leves sejam relevados durante a fiscalização, em detrimento de caixas mais pesadas, que costumam levantar muito mais suspeitas.

Divida a compra em mais de um carrinho

Esta orientação funciona como sugestão complementar ao nosso tópico anterior. Caso o consumidor queira fazer uma compra mais completa, com vários itens de uma vez, pode ser que o pacote fique pesado e acabe chamando a atenção da fiscalização brasileira. Muito cuidado. Se mesmo assim não quiser deixar os seus produtos para trás, o cliente tem a possibilidade de fracionar a compra em dois ou mais carrinhos sem problemas, para desviar a atenção do pacote e reduzir as chances de uma tributação. Nesse sentido, vale também buscar não exceder o limite de US$ 50 em cada cart. Esteja atento.

Comprar em datas comemorativas

Outra dica importantíssima que pode ajudar a escapar das taxas ao importar produtos da Shein é esperar para realizar as compras perto de datas comemorativas, especialmente as que costumam movimentar o comércio. Em períodos como Natal e Black Friday, o número de pacotes entrando e saindo do país aumenta, o que tende a sobrecarregar o órgão fiscalizador. Ficando assim muito mais fácil comprar sem haver a possibilidade de taxação.